CLICK AQUI

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Fátima Bernardes deixa o JN



As jornalistas Fátima Bernardes, Patrícia Poeta e Renata Ceribelli, ao lado do editor-chefe e apresentador do Jornal Nacional, William Bonner, e do diretor geral de Jornalismo e Esporte da Rede Globo, Carlos Henrique Schroder, apresentaram na manhã desta quinta-feira (1), no Rio, novidades na programação da emissora. Após quase 14 anos, Fátima Bernardes deixará o JN para, segundo suas próprias palavras, realizar um novo sonho: fazer um programa que já tem seu formato definido e que entrará na grade da TV Globo em 2012. Sua substituta no telejornal será Patrícia Poeta, que está no Fantástico há quase cinco anos. No lugar de Patrícia, assumirá a jornalista Renata Ceribelli, que já apresenta ocasionalmente o Fantástico.

Fátima apresentará o JN até segunda-feira (5), quando haverá uma edição especial. Após a apresentação das notícias do dia, Patrícia Poeta será chamada à bancada por Fátima e Bonner. Na edição especial, serão exibidos vídeos sobre a carreira das duas jornalistas. A partir de terça (6), Patrícia Poeta assume a bancada ao lado de Bonner.
"Era um sonho antigo", disse Fátima sobre o novo programa que vai comandar, durante a entrevista desta manhã, realizada em um hotel na Zona Sul do Rio. O projeto está sendo mantido sob sigilo e, segundo ela, não é parecido com nenhum outro que está no ar. "Eu pensava: será que um dia eu vou conseguir encaixar um novo programa na grade da TV Globo? Então essa ideia virou um desejo enorme. A partir de terça, vou mergulhar nesse programa. Era um sonho antigo. Estou com o coração leve e feliz", declarou Fátima (veja a trajetória de Fátima Bernardes).
Patrícia Poeta disse que levou um "susto" ao receber o convite para apresentar o Jornal Nacional. "Depois que o convite foi feito, que o susto passou e que a ficha caiu, fiquei muito feliz. Vou sentar naquela cadeira, que foi ocupada 14 anos pela jornalista mais querida do Brasil. Estou muito animada. Vou caprichar para fazer um bom jornal", declarou (veja a trajetória de Patrícia Poeta).
A jornalista Renata Ceribelli fez questão de parabenizar e desejar sucesso às colegas antes de comentar seu próprio desafio. "Estou muito feliz pelo convite. Por mais que eu tenha sido uma apresentadora eventual nesses 12 anos, na hora em que você assume o posto oficial de apresentadora é claro que tem um peso e um gostinho muito especial", disse. "É um desafio maravilhoso e eu estou superfeliz. Esse desafio é bacana porque é muito a cara do Fantástico. É um programa que se renova e se recria. Apresenta novidades para quem assiste e quem trabalha nele. Estou muito feliz e pronta para encarar mais esse desafio" (veja a trajetória de Renata Ceribelli).
O projeto
De acordo com Carlos Henrique Schroder, Fátima o procurou para falar do novo projeto pela primeira vez há quatro anos. "Em 2009, ela foi mais incisiva: 'Vamos marcar uma data?' Em 2010 foi fácil mantê-la conosco, porque foi ano de Copa do Mundo e de eleições. Mas em abril deste ano ela me apresentou ideias mais concretas. E percebemos que não seria mais possível ela se dividir fazendo as duas coisas", disse Schroder, lembrando que a jornalista já havia deixado de apresentar o Globo Notícia.
"Quando a gente percebeu que a coisa era séria, evidentemente começamos a pensar sobre substituição. O que me deixou satisfeito foi que vimos que tínhamos várias possibilidades dentro da Globo. E o nome de Patrícia Poeta surgiu como um consenso dentro do jornalismo."
Sobre a substituição no Fantástico, Schroder disse que foi algo "natural". "Renata era a candidata natural. Não só por estar no programa, mas pelas qualidades e a história de sucesso que ela tem", disse o diretor.

William Bonner se disse "emocionado" com as mudanças. "É um momento especial para o telejornalismo da TV Globo, para o telejornalismo brasileiro. Estou muito emocionado, porque não é a toda hora que isso acontece". Ele falou ainda sobre como lidou com a decisão. "Óbvio que eu tomei um susto absurdo, mas sei que quando a Fátima põe uma ideia na cabeça, não é algo fácil de mudar depois. E essa ideia entrou na cabeça e no coração da Fátima de tal maneira que o tempo foi passando e as menções ao projeto novo foram se tornando cada vez mais frequentes. E o projeto em si se tornando cada vez mais concreto, bonito e mais interessante", disse.
 fonte:G1