CLICK AQUI

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Carnaval: PB tem 24 mortes com redução de 14%, Grande JP é a mais violenta com 16

O governo do Estado divulgou na tarde desta quarta-feira (22), dados da operação Carnaval e constatou a redução de 38% no número de homicídios em João Pessoa com relação ao ano passado.
Já com relação ao Estado a redução foi de 14%, no período de 17 a 21 de fevereiro deste ano foram registrados 24 homicídios, com a redução de 14%, em 2011 foram 28 mortes violentas, sendo que duas em locais de festas.
Em João Pessoa onde a diminuição foi maior foram 10 assassinatos, seis a menos do que o ano passado. O bairro mais violento foi o Grotão com 3 mortes violentas.
De acordo com o vice-governador Rômulo Gouveia, que assumiu o cargo de governador no período carnavalesco, o único crime relacionado como a festa foi a do pescador José Vicente da Silva, 53 anos, no município de Coremas, no Sertão.
Menor morto
Menor morto a pedradas e chutes
Os demais assassinatos não tiveram associação com os eventos festivos. O mais chocante foi o adolescente de 15 anos morto a chutes e pedradas, em Monteiro.
A região mais violenta foi Metropolitana da Capital com 16 homicídios, seguida de Campina Grande com cinco, com um foram Patos e região de Guarabira. A maioria das mortes, 16, foram por arma de fogo, cinco por arma branca e três por outros instrumentos.
Balanço das prisões
A operação que o Estado destacou foi a realizada na Baía da Traição, que culminou com a prisão de sete homens e uma mulher, além de quatro menores.
Leia mais: Quadrilha que usava rádio amador pra se comunicar é presa em megaoperação no Litoral Norte
Na Paraíba foram presas em flagrantes 100 pessoas foram presas em flagrante, 28 armas apreendidas, além de 13 veículos e drogas, entre crack, cocaína e maconha. O Ciop registrou 1.709 atendimentos e o corpo de Bombeiro realizou oito atendimentos a acidentes de trânsitos, 34 resgates de afogamento, sem nenhuma vítima fatal, além de 64 atendimentos pré-hospitalares.
O secretário de Segurança do Estado, Cláudio Lima comemorou os dados. “Os dados mostram que a polícia fez um excelente trabalho antes e durante o período carnavalesco”, destacou o secretário.
J.Luiz com portalcorreio