CLICK AQUI

terça-feira, 5 de junho de 2012

Vereador Marcos Moura avalia primeiro período legislativo 2012 e acredita na união das oposições em Rio Tinto



O único vereador de oposição de Rio Tinto concedeu uma entrevista ao Blog ‘Tribuna do Litoral PB’, onde avaliou os trabalhos legislativos da Câmara Municipal dos Vereadores, Ponciano Pessoa, no período de janeiro a 31 de maio deste ano e disse acreditar numa possível união entre os partidos de oposição a gestão da prefeita Magna Gerbasi.

“Avalio de forma positiva, a produção desta casa tem sido bastante proveitosa, ao longo desses três anos e meio, e sobre tudo uma coisa que eu levo muito em consideração e gosto de dizer na tribuna, e vou dizer agora na tribuna maior, é que, as questões político-partidárias não interrompem o entendimento dos pares desta casa, nós iremos discutir política no ambiente certo, e no momento correto”, disse Moura.

Sobre a relação do vereador com o executivo municipal, ele afirmou que sempre há uma reciprocidade no respeito, mesmo sendo o único vereador das oposições, exerce os trabalhos com muita seriedade, e as denúncias são sempre fundadas, declarou.

As denúncias que trago a esta casa não tem a finalidade de denuncismo, tem a finalidade de ajudar a resolver. 

Quando eu faço a denúncia, ou as críticas eu sempre aproveito para apresentar as sugestões, afirmou.

Sobre o grupo liderado pelo médico Dr. Braga, Moura adiantou que já estão em conversações para a composição da vaga de vice na chapa majoritária, e que este assunto será tratado e decidido entre os cinco partidos da base nos próximos dias.

“Ficou decidido que, qualquer que fosse o nome do vice, passaria pelo crivo dos cinco partidos reunidos”, adiantou o vereador.

Sobre a oposição e a situação, o parlamentar opinou que serão dois grupos distintos, e acredita que toda a oposição marchará unida.

Questionado sobre uma possível união com o partido do governador em Rio Tinto, para composição da chapa majoritária, Marcos Moura enfatizou que é natural, e que todos os partidos terão o direito de pleitear a vaga de vice, porém, o grupo não aceita a indicação do nome do presidente do (PSB), Fernandes Naia, mas, qualquer outro nome que queira postular a vaga de vice, tem todo direito, finalizou.  
J.Luiz com tribuna do litoral