CLICK AQUI

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Assassino do cacique de Baía da Traição é preso durante a madrugada



Está preso um homem de 28 anos acusado de matar um índio e o cacique Geusivam Silva de Lima, 30, no município de Marcação, no litoral norte paraibano. A prisão ocorreu na madrugada desta sexta-feira (12), durante um evento político no mesmo município. Os crimes ocorreram no dia 31d e julho deste ano.
De acordo com o capitão Alberto Filho, comandante da 2ª CIA de Mamanguape, por volta de 1h, moradores ligaram para o 190 informando que Robson santos da Silva, estava participando de uma festa em comemoração a vitória do candidato a prefeito da cidade.
“Recebemos a denúncia e fomos até o local. Chegamos lá, encontramos o Robson participando do evento político”, comentou Filho.
Robson foi encaminhado para a Delegacia de Mamanguape. Ele tem um mandado de prisão expedido pela Comarca de Guarabira.
Geusivam Silva de Lima liderava a luta pelo reconhecimento dos direitos à Terra Indígena Potiguara, e já havia recebido várias ameaças de morte, tendo inclusive registrado queixas na Superintendência da Polícia Federal e na Delegacia de Polícia de Rio Tinto.
De acordo com a polícia, dois bandidos invadiram a aldeia 'Vergonha' na noite desta terça-feira (31), mataram um índio e deixaram o cacique ferido a bala. O crime ocorreu durante um jogo de dominó.
O índio Claudemir Ferreira da Silva, 37 anos, morreu na hora. O cacique ficou alguns dias internados, mas no dia 5 de agosto morreu vítima de falência múltiplas dos órgãos.
J.Luiz com portalcorreio