CLICK AQUI

sábado, 30 de março de 2013

Sobe para 11 o número de pessoas assassinadas na Grande JP em pouco mais de 24h




Taislane morreu com 17 facadas
A onda de assassinato não para na região metropolitana de João Pessoa e nesta sexta-feira santa (29), quatro homicídios foram registrados. O último crime ocorreu no bairro Cabo Branco, na Capital. Com essa execução, já somam 11 vítimas em pouco mais 24 horas.
No bairro Cabo Branco, por volta das 17h40, um homem foi morto a tiros em uma comunidade. A vítima ainda não foi identificada.
Horas antes, de acordo com a Polícia Militar do 7º BPM, Joeferson Felipe de Oliveira, 21 anos, foi assassinado durante uma troca de tiros com a polícia. A polícia informou que os moradores da Rua da Macaíba ligaram para o 190 informando que estava ocorrendo um tiroteio no bairro. Quando a viatura da Força Tática, comandada pelo tenente Ulisses, chegou no local encontrou três homens armados na rua.
Houve troca de tiros e Joeferson Felipe foi atingido no rosto e abdômen. Ele ainda chegou a ser socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa por uma viatura, mas morreu.  Os outros acusados fugiram em uma motocicleta.
Na cidade de Conde, um ex-interno do Central Educacional do Adolescente ( CEA), de 17 anos, foi assassinado com três tiros na cabeça em um campo de futebol no Distrito de Gurugi, no Conde, na manhã desta sexta. A polícia disse que a vítima tinha diversas passagens pela polícia por assaltos. Policiais militares cercaram a área e apesar da aglomeração de pessoas, ninguém quis se pronunciar sobre o assassinato.
Ainda na manhã desta sexta, a adolescente Taislane Ferreira de Oliveira, 14 anos, foi encontrada morta dentro de um riacho no final do bairro do Bessa, em João Pessoa. O achado ocorreu no início da manhã desta sexta-feira (29). Ela foi morta com cerca de 17 facadas. De acordo com a Polícia Militar, populares estavam caminhando pelo local quando perceberam um corpo boiando nas águas turvas do riacho.
O corpo estava com 17 perfurações
Foto: O corpo estava com 17 perfurações 
Créditos: Foto: Ainoan Geminiano
O Corpo de Bombeiros foi acionado e ao retirar o corpo das águas constatou que a vítima foi morta a facadas, devido às inúmeras perfurações. Latas de cerveja e roupas masculinas foram encontradas perto do corpo.
Pelas características do crime, a polícia acredita que a adolescente foi morta em outro lugar e teve o corpo jogado no riacho. O corpo foi encaminhado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol ) para necrópsia.
Já nesta quinta-feira (28), o empresário Adalberto Pinto Monteiro, 36 anos, foi assassinado durante uma tentativa de assalto no bairro de Manaíra, em João Pessoa. Ele ainda chegou a ser socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas veio à óbito. Câmeras de segurança do circuito interno do prédio flagraram um homem que está sendo apontado como o suspeito pelo crime. Câmeras de segurança do circuito interno do prédio flagraram um homem que está sendo apontado como o suspeito pelo crime.
Os outros crimes ocorreram na cidade de Santa Rita, e nos bairros Cruz das Armas, Vieira Diniz na Capital paraibana. Apesar de rondas efetuadas pela Polícia Militar, nenhum dos acusados pelos crimes foi identificado.
Leandro foi morto com tiro na testa
Foto: Leandro foi morto com tiro na testa
Créditos: Aguinaldo Mota