CLICK AQUI

terça-feira, 9 de abril de 2013

Em Mamanguape, professor e companheira são presos por pedofilia e aliciamento de menores


“Homem de 32 anos guardava vídeos com cenas de pornografia com adolescentes. Acusado negou contato sexual com menores em depoimento à Polícia. Um PC foi apreendido”.
Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar e do Ministério Público (MPPB) resultou na prisão em flagrante, na manhã desta terça-feira (9), de um casal suspeito de aliciar adolescentes para fins de pornografia infantil. Allan Jones de Amaral Tavares, 32 anos, natural do Estado do Rio de Janeiro, e a paraibana Andressa Kelly Oliveira, 18, foram localizados na casa em que moram, no Centro de Mamanguape, com mais quatro adolescentes e um computador repleto de vídeos pornográficos de menores.
Conforme o delegado titular da Delegacia de Polícia Civil de Mamanguape, Diego Garcia, há dois meses o casal vinha sendo investigado, após adolescentes e familiares denunciarem terem sofrido assédio por parte da dupla.
De acordo com o comandante da 2ª Companhia, Capitão Alberto Filho, no local, a Polícia encontrou quatro adolescentes morando com o casal e um computador com fotos, vídeos e material pornográfico. Todo o material foi levado para a DP e o casal conduzido para prestar esclarecimentos.
“Ele estava morando na cidade há três anos, sempre havia denúncias no Conselho Tutelar contra o mesmo. Na manhã de hoje, o encontramos na companhia de quatro menores. Uma delas estava desaparecida desde o último domingo (7)”, disse o PM.
O acusado detido nega o crime. Allan está preso na DPC de Mamanguape. Ele era professor e estava afastado das funções exatamente por denúncias de pedofilia.
J.Luiz com pbvale

Um comentário:

  1. Pra mim Allan Não Tem Nenhuma Culpa
    *---*

    Jah Faz Tempo que eu conheço ele
    Eu eu Sei que ele Num Desses Negocios .

    ResponderExcluir