CLICK AQUI

terça-feira, 9 de abril de 2013

Explosão em depósito clandestino de fogos de artifício mata pai e filha na zona rural de Belém (PB)



Uma tragédia foi registrada no começo da manhã desta terça-feira (9), na zona rural de Belém, no agreste paraibano, quando por volta das 4:30h da manhã, pai e filha foram vitimas fatais de uma explosão em um depósito clandestino de fogos de artifícios, na localidade conhecida como sendo, sítio Aldeia. Trata-se de Antônio Lopes da Silva, de 37 anos e de Marília Marcela Lopes da Silva, de 19 anos.

De acordo com as informações primeiras, trazidas pelo repórter Zé Roberto da rádio Constelação FM de Guarabira, através do 'jornal da manhã' -, pai e filha acordaram logo cedo e se dirigiram ao depósito de fogos da família que fica a cerca de 50 metros de sua residência, quando repentinamente uma explosão ocorreu no local. Os corpos foram extremamente despedaçados, e foram encontrados restos acerca de 200 metros do lugar do sinistro.

A polícia encontra-se no local e isolou a área; conforme a mesma, a causa do acidente com estes dois integrantes de uma família de fogueteiros pode ter sido uma lamparina.
DSC05137