CLICK AQUI

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Taxista é assassinado por engano no primeiro dia de trabalho em carro de colega. IMAGENS FORTES.


A vítima identificada como Harryson da Silva Leal, de 46 anos, foi assassinado na rua Ester Borges, há cerca de 20 metros do Hospital Clementino Fraga. Ele estava parado no local, dentro do taxi com praça de Cabedelo.


Segundo informações da Polícia Militar, Harryson havia alugado o veículo pela manhã para trabalhar como ‘defensor’, que é o nome dado aos taxistas que locam o veículo e a praça a terceiros. Ele foi assassinado por dois homens que estava em um Corsa preto.


Conforme o proprietário do veículo, apenas identificado como Gilcimar, o taxi estava alugado há vários meses a um homem identificado como Jeferson, que na noite anterior procurou o proprietário e solicitou a troca do veículo por outro.


Jeferson é ex-presidiário com uma vasta ficha criminal. As suspeitas iniciais são de que os assassinos queriam executá-lo e confundiram a vítima pelo veículo.

Fonte: Redação

Crédito das fotos: Aguinaldo Mota