CLICK AQUI

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Polícia Militar prendem traficantes com alta quantidade de entorpecentes, arma e dinheiro no Vale do Mamanguape


Um homem e duas mulheres foram presos, no começo da manhã desta quarta-feira (22), durante uma operação dos policiais da 2ª Companhia de Polícia Militar Independente para reprimir o tráfico de drogas nas cidades de Mamanguape e Baía da Traição, no Litoral Norte do Estado. As viaturas desarticularam três pontos de venda de drogas, o que resultou na apreensão de mais de 400 pedras de crack, 60 papelotes de maconha, um revólver calibre 38, além de uma quantia em dinheiro trocado.
Na ação foram presos Rodrigo da Silva Santana, de 20 anos, Maria José Pereira da Silva, de 23 anos, e a irmã dela, Marinalva Pereira da Silva, de 22 anos. Os três estavam em ‘bocas’ de fumo que foram desarticuladas na Vila Aldeia São Miguel, na Baia da Traição, e em outras duas, na Cidade de Mamanguape. Os policiais da 2ª CPMI já vinham monitorando os pontos e montaram um cerco nos locais, conseguindo flagrar os suspeitos assim que eles saíam destes locais com as drogas.
O comandante da 2ª CPMI, Capitão Alberto Filho, adiantou que esse tipo de ação será ‘uma constate’ na Região. “Vamos intensificar esse trabalho de monitoramento para traçarmos um mapa que nos possibilite a desarticulação de todos os focos de venda de drogas que acontecem na região do Vale do Mamanguape e essa operação de hoje foi o ponto de partida”, salientou.
Os três presos desta quarta-feira (22) foram levados a Delegacia de Polícia Civil de Mamanguape e autuados por tráfico de entorpecentes. Rodrigo da Silva foi autuado ainda por porte ilegal de arma, já que foi encontrado com o revólver calibre 38.
Estatísticas – Só este ano, a 2ª CPMI já apreendeu mais de 3.000 papelotes de maconha, 600 pedras de crack, além de 20 armas de fogo. O número faz parte do resultado alcançado durante as operações e rondas intensificadas em toda região, conforme informações do Capitão Alberto Filho.
Presos os acusados de praticar 'arrastões'
Na última segunda-feira (20), os policiais da 2ª CPMI prenderam, na cidade de Araçagi, no Brejo paraibano, Joanderson Muniz de Melo, de 18 anos, acusado de realizar, juntamente com um adolescente, vários assaltos seguidos - horas antes - na cidade de Cuité de Mamanguape, no Litoral Norte. Segundo testemunhas, a dupla estava armada em uma moto e fizeram pelo menos seis vítimas. Os policiais realizaram diligências após o crime e com a ajuda da população conseguiram chegaram até o suspeito, com quem foram recuperados todos os objetos roubados das vítimas. O adolescente conseguiu fugir com a arma utilizada nos assaltos. O preso foi levado para a Delegacia de Mamanguape.
 
Da redação
Com informações do pbvale