sábado, 15 de junho de 2013

Empresário morto a tiros em Campina Grande tinha familiares em Rio Tinto

Um empresário foi morto na tarde desta quinta-feira (13) quando saía de um escritório de contabilidade pertencente a família no bairro da Liberdade, em Campina Grande.
Anselmo Guimarães, 40 anos, era proprietário de um restaurante em Puxinanã e de acordo com familiares não tinha inimizades.
Segundo informações, dois homens assaltaram e atiraram contra a vítima. O filho garante que o empresário não reagiu.
As imagens das câmeras de segurança do escritório foram entregues a polícia, que já procura os acusados.
O empresário que tinha "laços familiares" em Rio Tinto, era concunhado do coordenador de Comunicação e Articulação Política da Prefeitura de Rio Tinto, Luiz Albeto, casado com a irmã de sua esposa, dona Angela.

Da redação/PBVale

0 comentários: