CLICK AQUI

domingo, 27 de outubro de 2013

Duas mortes em menos de 24 horas em Mamanguape. VEJA

No primeiro caso um m homem foi morto após ser atingido por uma facada na altura do peito esquerdo na madrugada deste domingo (27). O crime aconteceu na comunidade de Camaratuba, Zona Rural de Mamanguape, por volta de 01h0. A vítima foi identificada como sendo o agricultor Emanuel Plácido da Silva, de 25 anos, que residia na Rua do Cruzeiro, em Camaratuba.
De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima na companhia de alguns amigos teria bebido em um bar conhecido como ‘Copo Sujo’. Emanuel foi encontrado esfaqueado as margens da BR 101 por populares que acionaram a Polícia.
Um homem até o momento identificado pelo apelido de ‘Galego’ está sendo acusado de ter sido o autor do assassinato. Conforme ainda o Boletim Policial, acusado e vítima teriam discutido no dia anterior, e que, Emanuel teria sido observado pelo o assassino quando estava no bar.
A PM esteve no local e realizou os procedimentos de praxe, o delegado plantonista foi informado e o GEMOL acionado para a remoção do corpo. O caso agora será investigado pela Delegacia de Mamanguape. Até o momento ninguém foi preso.
No segundo caso
O corpo do jovem Fabiano Cabral Brasilino, de 22 anos, foi encontrado na tarde deste sábado (26), por volta das 17h0, às margens da BR 101 Norte, no município de Mamanguape, nas proximidades da entrada para a cidade de Jacaraú, no Litoral Norte do estado. A vítima residia no Sítio Pau D’arco, Zona Rural de Mamanguape.
O cadáver foi achado por uma um senhor que teria parado no local para urinar. De acordo com informações da mãe da vítima, o jovem saiu em sua motocicleta na noite da sexta-feira (25) dizendo que iria participar de uma festa e não teria voltado para casa.
Pelo que foi colhido no local, a Polícia acredita que Fabiano tenha se envolvido em um acidente após sofrer disparos de arma de fogo. Mas, só a perícia irá precisar o que realmente aconteceu.
O Instituto de Polícia Científica (IPC) esteve no local e fez levantamento da área. Já o GEMOL realizou a remoção do corpo