CLICK AQUI

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Homem é morto com golpes de faca e pauladas na Baía da Traição. VEJA FOTOS



Um crime com requintes de crueldade foi registrado por volta das 05:30 hs, na manhã desta quarta-feira (02), pela Polícia Militar da cidade litorânea de Baía da Traição.
De acordo com o capitão da 2ª Companhia de Polícia Militar de Mamanguape, Alberto Filho, o ‘sucateiro’ de 33 anos, Antonio Carlos de Araújo, que estava morando na cidade há poucos dias, foi assassinado na madrugada de hoje, com golpes de faca peixeira e a pauladas.
O corpo de Antonio foi encontrado em cima de um cochão, nas margens do rio ‘areado’, com hematomas e uma faca cravada no pescoço.

Informações repassadas a Polícia Militar, levou a localização de um suspeito de possível participação no homicídio. A PM deteve o senhor Ednaldo Cândido Lins, 50 anos. Segundo testemunhas, os objetos; faca e ‘porrete’ utilizados, seria dele, sendo visto de posse, por populares no dia anterior ao ocorrido. Foi informado que, ao checar no banco de dados do poder judiciário, consta contra Ednaldo dois processos judicial, 1 por desacato e desobediência e um segundo por motivo ainda não revelado, além de um mandado de prisão datado do ano de 2003.
"Ednaldo negou as acusações e disse está isento de qualquer participação na morte do Antônio Carlos e, que, as armas estavam sendo usadas na construção de uma carroça em sua residência, próximo ao rio e, alguém de forma premeditada pegou".

O capitão adiantou ainda a reportagem do PBVale que, existe um segundo suspeito e que está sendo averiguado.
“Esse segundo acusado, teria tido uma discussão com a vítima numa festa na semana passada, na Aldeia São Miguel, e esse pode ser o motivo da morte”, revelou Alberto Filho.
 "A faca ficou cravada no pescoço da vítima"

Ednaldo Cândido foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para ser interrogado. O Instituto de Polícia Científica compareceu ao local do sinistro para os procedimentos de praxe. A Polícia segue com as investigações para a elucidação do caso.

J.Luiz com PBVale