CLICK AQUI

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Instrutor de autoescola e servidor do Detran-CG são presos por fraudes de CNH

Mais três pessoas foram presas através da 'Operação Pronta Entrega’, por fraudes na aquisição e liberação de Carteira Nacional de Habilitação. Dessa vez, os detidos foram flagrados dentro do prédio da Companhia Regional de Trânsito (Ciretran), no bairro das Malvinas, ligada ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em Campina Grande, a 125 km de João Pessoa.

De acordo com a corregedoria, um homem de 35 anos teria pago R$ 400 para um instrutor de autoescola de Campina Grande, que estaria intercedendo as ‘negociações’ com um servidor do Detran, de forma que os testes fossem burlados.

Conforme a corregedoria, essas informações foram colhidas a partir do depoimento do homem de 36 anos, que queria conseguir a carteira de habilitação, mesmo não sendo aprovado nas avaliações práticas.

Click aqui e Curta a fanpage do Notícias e informações Online no Facebook e receba as últimas notíciasOs três estão detidos na Central de Polícia Civil em Campina Grande, onde são ouvidos e poderão responder por corrupção passiva e ativa.

Já são nove pessoas presas desde o início das investigações, desencadeadas pela Corregedoria Geral do Detran/PB, em parceria com a Polícia Civil. Recentemente, outra pessoa que trabalha no Detran foi presa em flagrante e as autoridades revelaram que as investigações também chegam às autoescolas do estado.

Conforme a Corregedoria do Detran/PB, as investigações da 'Operação Pronta Entrega' continuam e outras pessoas envolvidas com fraudes na liberação e aquisição de CNH poderão ser presas a qualquer momento.


 Detran-PB