CLICK AQUI

terça-feira, 8 de abril de 2014

Mais um Homicídio. Morador do Alto do Cemitério é executado em aldeia indígina

A vítima foi identificada pela Polícia Militar como, Luiz Valentim dos Santos, 43 anos, conhecido como ‘Lula’ e, morava no Alto do Cemitério em Mamanguape, porém estava na Aldeia Jaraguá em Rio Tinto na casa de parentes a cerca de 2 dias.
De acordo com informações da PM, por volta das 11h00, dois homens em uma moto vermelha chegaram próximo ao local em que se encontrava Luiz Valentim e foram logo efetuando vários disparos de arma de fogo, atingindo o mesmo na região do tórax e cabeça.
A Polícia não soube revelar até o momento o motivo do assassinato, nem se o mesmo tinha envolvimento com o tráfico, apenas foi testemunhado no local que ele é acusado de matar o próprio padrasto no Alto do Cemitério em Mamanguape e respondia judicialmente por crime de homicídio doloso. A Polícia Civil e o Gemol foram solicitados para os procedimentos cabíveis.
A autoridade policial segue investigando o caso e na busca dos criminosos.
Este é o terceiro homicídio registrado na região do Vale do Mamanguape em 72 horas. O primeiro foi com Rodrigo da Silva Santana, de 21 anos,  assassinado a tiros na noite do último sábado (5), no Conjunto Nossa Senhora da Penha II, no município de Mamanguape. O segundo caso foi por volta das 18h00 desta segunda-feira (7) às margens da PB 041, em um trecho conhecido como curva do urso, no município de Marcação. A vítima foi identificada como sendo Leví Pedro de Araújo, de 14 anos, natural de Baía da Traição. Leví foi executado com pelo menos dois disparos de arma de fogo na região da cabeça.
 
Da redação / PBVale