CLICK AQUI

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Agricultor é assassinado com requintes de crueldade na Vila Regina

O corpo do agricultor Antônio Silva dos Santos, 74 anos, foi encontrado em estado de decompozição por volta das 18h00 desta quarta-feira 23, na aldeia indígena de Monte Mor (Vila Regina), na cidade de Rio Tinto, litoral norte paraibano.
Segundo o sargento Filho da Polícia Militar que esteve no local, até o momento não se sabe o que possivelmente teria acontecido com a vítima. "Nós não temos nenhuma informação ainda, isolamos o local, estamos colhendo dados, só depois dos levantamentos da perícia é que eles poderão dizer a causa morte", revelou o sargento. Ele morava na rua Santos Dumont - na mesma aldeia.
A Polícia informou que até o momento não teria nenhuma testemunha no local, por se tratar de uma região distante e "ermo" - (isolada).
De acordo com parentes da vítima, só foi possível localizar o corpo do agricultor por causa dos cachorros que pertenciam à vítima e, estavam ao seu lado latindo muito, até serem percebidos por caçadores da região. "De longe a gente viu os cachorros dele latindo muito, fazia dois dias que ele saiu de casa e não voltou mais, quando desconfiamos e viemos ver o que era. Quando chegamos aqui, ele tava aí caido no chão", informou o genro do idoso.
A Polícia de criminalística e o perito do IPC constatou marcas de cortes na região da cabeça e pescoço, além de uma perfuração na região toráxica, porém não foi possível identificar no momento se trata-se de uma perfuração por arma de fogo, em razão da decomposição cadavérica. Apenas o exame mais detalhado irá precisar.
Tanto o delegado de homicídios de João Pessoa, como a Polícia Militar da 2ª CIPM informaram que o caso prosseguirá com as investigações no sentido de elucidar o crime.
O terreno em que o agricultor foi encontrado fica próximo de uma mata na região do barro vermelho a 2 km de sua casa. 

J.Luiz com PBVale