CLICK AQUI

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Acusado de tentar matar PM é assassinado na porta de casa. IMAGENS FORTES

O ex-presidiário Ivan Antônio dos Santos, 56 anos foi assassinado no final da madrugada desta sexta-feira, 3, no Bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa. Um sargento da Polícia Militar, lotado no Batalhão de Trânsito é apontado como suspeito pelo crime. Ivan, que era irmão de um oficial reformado da Polícia Militar foi assassinado na frente de sua residência, na Rua Xavier Júnior. As primeiras informações dão conta que o crime teria sido praticado por ocupantes de um veículo não identificado. Ele teria sido atingido por quatro disparos. Segundo as informações colhidas pelo delegado Luiz Coutrin, tudo começou ainda na noite de ontem quando o ex-presidiário discutiu com o sargento Bispo, que reside numa casa na frente à de Ivan. Nesse momento o ex-detento foi até a sua residência, se armou com um revólver e tentou assassinar o militar. Houve luta corporal, e nesse momento o sargento Bispo a arma disparou atingindo a perna de Ivan. Uma guarnição da PM, comandada pelo sargento Givanilson fez o socorro de Ivan para o hospital de Trauma e depois tanto ele como também o militar do BPTran foram levados para a Delegacia de Homicídios, onde foram ouvidos pelo delegado Luiz Coutrin e depois liberados. Já era madrugada quando Ivan foi assassinado na frente de sua residência. Enquanto isso, a casa do militar estava fechada. Antecedentes – Ivan bastante conhecido no Bairro de Cruz das Armas era temido na Rua Xavier Júnior por ser violento. Antes de ser levado para o Trauma, o ex-presidiário revelou que havia sido posto em liberdade há cerca de 10 dias e disse também que havia praticado três homicídios naquele bairro.