CLICK AQUI

segunda-feira, 9 de março de 2015

Dono de escolinha de futebol é preso suspeito de fazer sexo oral em criança de 11 anos

O dono de uma escolinha de futebol do município de Caaporã, na Grande João Pessoa, foi preso em flagrante, na manhã desta segunda-feira (9), suspeito de praticar sexo oral em uma criança de 11 anos de idade, dentro de um dos banheiros do ginásio esportivo da cidade. Em depoimento, a vítima teria confirmado o estupro e dito que a prática já ocorreria há algum tempo.
Após o treino da escolinha de futebol, por volta das 10h, o diretor do local teria ido verificar se ainda havia crianças no ginásio e, ao entrar em um dos banheiros,, teria flagrado o suspeito praticando sexo oral na vítima. O diretor acionou a polícia e o homem foi preso.

De acordo com o delegado Paulo Martins, da Delegacia de Polícia Civil de Caaporã, o suspeito teria sido pego em flagrante e vai ser encaminhado para o Presídio do Roger, em João Pessoa. “O crime se configura como estupro e ele foi pego em flagrante. Trouxemos a criança para colher depoimento; a vítima confirmou o ato e disse também que a prática já ocorre há algum tempo. Vamos encaminhar o suspeito ainda hoje para o Roger”, afirmou o delegado.

Ainda segundo o delegado Paulo Martins, outras vítimas podem surgir, já que as suspeitas são de que o homem utilizava a escolinha de futebol apenas como fechada para praticar os estupros. “Vamos aguardar que outras vítimas possam surgir, já que ele pode ter feito isso com outras crianças. Esperamos que com a divulgação do caso os pais tomem mais cuidado com os seus filhos e procurem acompanhados sempre que puderem nas atividades”, concluiu.
J.Luiz com portalcorreio
Crime ocorreu em Caaporã